quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Precisa-se de Loucos!


De loucos uns pelos outros!
Que em seus surtos de loucura espalhem alegria; com habilidades suficientes para agir como treinadores de um mundo melhor, que olhem a ética, respeito às pessoas e responsabilidade social, não apenas como princípios organizacionais, mas como verdadeiros compromissos com o Universo.


Precisa-se de loucos de paixão, não só pelo trabalho, mas principalmente por gente, que vejam em cada ser humano o reflexo de si mesmo, trabalhando para que velhas competências dêem lugar ao brilho no olhar e a comportamentos humanizados.


Precisa-se de loucos por novas tendências, mas que caminhem na contramão da história, ouvindo menos o que os gurus têm a dizer sobre mobilidade de capitais, tecnologia ou eficiência gerencial e ouvindo mais seus próprios corações.


Precisa-se de loucos poliglotas que não falem inglês, espanhol, francês ou italiano, mas que falem a língua universal do amor, do amor que transforma, modifica e melhora, pois, palavras não transformam empresas e sim atitudes.


Precisa-se simplesmente de loucos de amor; de amor que transcende toda a hierarquia, que quebra paradigmas; amor que cada ser humano deve despertar e desenvolver dentro de si e pôr a serviço da vida própria e alheia; amor cheio de energia, amor do diálogo e da compreensão, amor partilhado e transcendental.


As organizações precisam urgentemente de loucos, capazes de implantar novos modelos de gestão, essencialmente focados no SER, sem receios de serem chamados de insanos, que saibam que a felicidade consiste em realizar as grandes verdades e não somente em ouvi-las.






 Através deste texto de Madalena Carvalho, (Consultora, Palestrante e Conferencista) rendo homenagem a uma pessoa mais que especial, meu filho Tofinho, pelas discriminações que o tem atingido afetando sua alegria de viver. Expresso a minha indignação pois conhecendo bem a profundeza de sua alma não posso permitir que o façam sofrer! Quem dera se os ditos normais que os discriminam fossem pelo menos um terço da pessoa íntegra, sensível  e responsável do que ele é. Sinto-me orgulhosa por esta bênção!   Amamos você Tofinho por ser louco de amor pela sua família e por quem lhe cativa!
Deus o abençoa!

4 comentários:

  1. 01- O Down Não Tem Preconceito, e Você?
    faffi_Silvia Giovatto
    (caso verídico)

    Semana passada Jazinha levou Carminha ao posto
    de saúde local para tomar vacina contra febre amarela..
    Quando estavam na fila entrou uma mãe carregando
    seu bebê portador da Síndrome de Down.
    Carminha vendo a criança disse:
    - Olha mamãe, ela é igual a eu, posso ir lá?
    antes que Jazinha respondesse Carminha ja acarciava e
    beijava o Bebê em seu colo, dizendo com muito carinho:
    - Como é linda!
    A mãe da criança assistia a cena maravilhada, encantada
    em saber que seu bebê iria crescer, andar ficar uma
    menina esperta como Carminha..
    Jazinha emudeceu ao ver que sua menina sabia que era
    diferente das outras crianças, coisa não sentida até
    aquele momento,
    "Ela é igual a eu" - palavras que martelavam em sua cabeça,
    até que a mãe da criança aproximou-se com um doce
    sorriso e disse:
    - É sua filha?
    Jazinha balançou a cabeça afirmativamente.
    A mãe continuou:
    - Ela é muito linda. Que luz imensa ela carrega no coração.
    As duas se abraçaram comovidas, certas de que ter filhos
    especiais não é difícil, eles podem agir e pensar como
    qualquer um de nós, é só lhes dar oportunidade para serem
    gente como a gente...






    QUE O MUNDO POSSA SE CALAR, MEDIANTE TAMANHO AMOR E CARINHO. AH! SE TODOS OS HOMENS FOSSEM ASSIM O MUNDO SERIA BEM MELHOR E LOUCO É QUEM ME DIZ QUE NÃO É FELIZ, NÃO É FELIZ.........
    DEIXE QUE POSSAMOS SER FELIZES, DEIXE-NOS VIVERMOS NOSSA VIDA A NOSSA MANEIRA. EM QUE EU POSSO TE INCOMODAR,SE EU TENHO TANTO AMOR PARA DAR.E VOCE TEM AMOR PARA DAR EM ESPECIAL A TODA A HUMANIDADE?
    EU TENHO, NÓS TEMOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Célia pela solidariedade!!!
      Ameiii!!!
      Bjs

      Excluir
  2. O Tofinho é uma pessoa responsável, colaboradora, prestativo e muito amigo. Ele me cativou pelo seu sorriso sincero e amigo. abraços da tia (é assim que carinhosamente ele me chama)Mírian Seghetto C. Laviola

    ResponderExcluir
  3. O Tofinho é sim diferente! é diferente por ser um ser iluminado que irradia alegria por onde passa. Rose

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com os comentários no BLOG DA COLUNISTA . Tanto aqueles que nos incentivam quanto aqueles que nos criticam construtivamente. Mas por favor, quando emitir sua opinião procure sempre se identificar assumindo o que relata. AGRADECIDA!